Conceitos básicos na Orientação a Objetos.

Conceito básico de classes, objetos, métodos e atributos na Orientação a Objetos. 

Dividindo os conceitos.

  • O que é classe?
  • O que é objeto?
  • O que é método?
  • O que é atributo?

Bem simples. Imagine Aninha, uma menina baixinha que quer ser alta, toma todo dia bananada e adora programar em várias linguagens.

Aninha pode ser considerada uma classe. Por que?

Porque Aninha é uma estrutura, cheia de características ou atributos, e ações que ela faz todos os dias. E quais são eles?

Em relação aos atributos, ela é baixinha, tem olhos castanhos, um cabelo preto, depois vermelho, outra hora loiro.

Em relação aos métodos, ela come bananada e programa o dia inteiro. Entendeu? Não?

Então vamos começar a dividir:

  1. em Java seria assim:

public class Aninha {

private String altura; //atributo 1

private String corDosOlhos; //atributo 2

public void tomarBananada() {} //metodo1

public void programar() {} //metodo 2

}

Blz, até aqui tudo bem. Mas o que é um objeto, como funciona, pra quê que serve?

Um objeto é como se fosse uma caixinha, onde dentro dessa caixinha tem várias ferramentas, cada ferramenta faz algo diferente, e elas possuem diferentes tamanhos, cores, pesos e milhares de atributos;

Podemos dizer que Aninha têm um objeto chamado objAninha, nesse objAninha vamos ter todos os atributos e métodos da classe Aninha. Mas pra quê?

Para Aninha poder se comunicar com seus amigos, para ela determinar o horário que ela mais gosta de programar, para fazer a bananada pela manhã ou tarde. Ou seja, um objeto envia e recebe mensagens, armazena estados (entenda como o modo em que o objeto se encontra, exemplo: Se objAninha já tomou sua bananada.) e diz uns para os outros o que fazer.

É isso galera, uma maneira conceitual bem divertida de aprender o básico na Orietação a Objetos.

Envie sugestões!!! Valeu.